Meu tratamento para acne: Do Adapaleno ao Peróxido de Benzoíla

       Quem aqui está lendo esse post e sofre ou já sofreu de acne? Há algum tempo comecei um tratamento e decidi falar dele aqui no blog. De tempos em tempos(provavelmente uma vez por mês) farei posts falando sobre esse assunto.


       Desde os meus 15 anos que sofro com cravos e espinhas. Atualmente quase não tenho mais espinhas, agora elas aparecem com muito menos frequência. Em compensação, meu rosto é cheio de cravos. E, diferente das espinhas, parece que eles não somem com o tempo. Estão sempre ali. No início de fevereiro falei disso com a minha dermatologista e ela me recomendou um tratamento tópico com um gel chamado Belpele.
       O Belpele possui 3mg/g de adapaleno, que é um ácido comum no tratamento para acne. No mesmo dia comprei e já comecei o tratamento. A venda do Belpele é feita sem receita médica, mas é importante consultar um dermatologista antes de começar algum tratamento assim.
       O que eu fiz foi usar uma pequena quantidade do produto espalhada pelo rosto inteiro antes de dormir e lavar o rosto na manhã seguinte com um sabonete específico para o meu tipo de pele. O Belpele tem a textura bem molhada, mas não oleosa. Aparentemente não seca na pele, fica úmido mesmo.
       Nas duas primeiras semanas usando o gel, senti a minha pele bem mais sensível do que ela costuma ser. Senti que ela estava descascando em alguns pontos e também tive bastante vermelhidões pelo rosto. Senti que algumas espinhas surgiram, o que parece ser um efeito comum desse tipo de tratamento, mas logo sumiram.
       Em relação aos cravos, vi uma melhora na área do nariz e do queixo mas, fora isso, nada muito significativo. Tanto que quando voltei ao consultório no início de março, minha dermatologista decidiu trocar o ácido. Dessa vez ela me receitou o Clindoxyl Gel, que é um produto que possui antibiótico em sua fórmula. Infelizmente o Clindoxyl Gel estava em falta em todas as farmácias da minha cidade e tive que comprar o Clindoxyl Control, que possui uma fórmula parecida, mas sem o antibiótico.


       Diferente do Belpele, o Clindoxyl Control tem 100 mg/g de Peróxido de Benzoíla em sua fórmula, que também é muito comum no tratamento para acne. Estou usando o novo ácido há menos de uma semana, portanto não tenho o que falar sobre seus resultados.
       Ao contrário do Belpele, que quase não tinha cheiro, o Clindoxyl Control possui um cheiro bem químico e forte, mas que some depois de aplicar na pele. Ele também não tem a textura úmida e pegajosa. Na verdade ele seca bem rápido na pele. Quase ao mesmo tempo em que o aplico.


       Uma foto do meu rosto antes de começar a usar o Belpele e uma depois de usá-lo inteiro. Não sei se dá para perceber bem, mas os cravos realmente diminuíram um pouco de um mês para o outro. Não é uma grande melhora, mas é um bom começo. 
      Mês que vem eu volto para falar mais sobre o novo gel e seus efeitos na minha pele. E, se você já fez algum tratamento para acne, me conta aqui nos comentários. Vou ficar feliz em ler sobre a sua experiência.

Share this:

JOIN CONVERSATION

2 comentários:

  1. Oi! Infelizmente as fotos não estão mostrando tão bem, mas dá pra ver uma diferença mínima. Eu também sofro com acne, há dois meses iniciei um tratamento com um sabonete (Actine), um gel (Adacne clin gel) e um protetor solar (da ROC). Minha pele teve uma melhora incrível. Passei pela fase de descascar também, mas agora ela está controlada. Minha dermatologista me recomendou um remédio manipulado para espinhas localizadas, que quero adquirir logo! Com isso, acho que minha pele vai ficar maravilhosa.

    Gostei de ler sobre sua experiência! Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, Tauany! Espero que sua pele fique maravilhosa o mais rápido possível! <3

      Excluir